4 Dicas de como praticar sexo anal sem sofrimento | Safadinhas Acompanhantes

4 Dicas de como praticar sexo anal sem sofrimento

Criado em 20/03/2018 11:19

4 Dicas de como praticar sexo anal sem sofrimento

4 Dicas de como praticar sexo anal sem sofrimento

Um número cada vez maior de casais estão começando a colocar práticas de sexo anal em suas vidas sexuais.

Seja para fugir da rotina, ter experiências novas ou simplesmente motivados pela pura curiosidade, muitos já estão seguindo essa tendência! Por ser um assunto meio tabu no mundo sexual, contudo, algumas pessoas ficam com medo. Existe risco de contrair doenças? Dói muito ou é possível evitar o sofrimento?

Confira essas nossas 3 dicas de como praticar sexo anal sem sofrer!

 

1. Tome cuidado com o que entra em contato com o ânus

É extremamente importante ter cuidado com relação ao ânus da sua companheira, pois é um local que naturalmente possui muitas bactérias.

Assim, qualquer coisa que entre em contato com o ânus precisa ser lavada e esterilizada antes de ser reutilizada. Seja seu dedo, pênis ou sex toy! Nunca reutilize um brinquedo que acabou de sair do ânus na vagina, pois isso pode levar a diversas infecções e doenças gravíssimas.

É importante também tomar cuidado com o uso da camisinha. A camisinha utilizada durante o procedimento do sexo anal também não deve ser reutilizada na vagina.

 

2. Use sempre camisinha

Já que citamos ela anteriormente, vale sempre o aviso: nunca se arrisque no sexo anal sem usar algum tipo de proteção, não vale a pena para nenhum dos envolvidos!

AIDS, herpes, gonorreia, sífilis e verrugas genitais são algumas das DSTs que podem ser transmitidas durante esse tipo de relação.

 

3. Limpe a região antes do uso

Embora não seja um assunto muito agradável para se tratar quando o assunto é sexo, existe sempre o risco de ter surpresas desagradáveis vindas do intestino quando o tema é sexo anal. E isso seria um acidente extremamente broxante para todos os envolvidos, não concorda?

A menos que você se interesse por esse tipo de coisa, o que não estamos julgando aqui, de forma alguma.

Mas se você não curte esse tipo de coisa, é importante garantir a limpeza total da região do intestino antes da prática do sexo anal. Assim, as chances de ter acidentes na casa é reduzida consideravelmente.

 

4. Capriche na lubrificação

Ao contrário da vagina, não existe nenhum tipo de lubrificação natural no ânus. Para reduzir as dores relacionadas ao ato sexual é importante lubrificar a região o máximo possível.

Lubrifique bastante antes da primeira penetração, mas não pare de lubrificar durante o ato simplesmente porque o ânus consegue absorver o lubrificante com muito mais facilidade que a vagina. Vale qualquer tipo de lubrificante comercial aqui! Lubrificante com sabor, com sensações e especiais de qualquer tipo.

O que vale é deixar a região apropriada para o uso. No longo prazo, os dois entrarão em sintonia e aprenderão o que gostam e o que não gostam quando o assunto é sexo anal. É possível para o homem e para a mulher terem prazer nesse tipo de ato, por isso não desistam no primeiro sinal de qualquer problema!

O sexo anal é uma forma completamente natural e prazerosa de aproveitar a sexualidade dos corpos masculinos e femininos.